Empresas se unem para substituir e reparar equipamentos fotovoltaicos atingidos por enchente no RS

Share

A iniciativa Ilumina RS, idealizada pela cooperativa de integradores Rede Brasil Solar, unidade de Santa Maria, e a distribuidora paranaense BayWa r.e. tem o objetivo de restabelecer a atividade de geração de energia solar no estado a partir da substituição ou reparo de equipamentos fotovoltaicos atingidos pela enchente que atingiu o Rio Grande do Sul.

A mobilização do setor visa mitigar os prejuízos das usinas fotovoltaicas submersas ou afetadas. Devido às inundações, além de toda a parte elétrica, o inversor é o item mais afetado em um sistema solar. Na maioria das vezes, os módulos são mais resistentes à água pois ficam ao ar livre, mas muitos também foram danificados por materiais arrastados pela enxurrada.

A iniciativa já conta com a participação de grandes players do mercado solar, reunindo fabricantes de módulos, inversores, conectores, string box, cabos, estruturas de fixação e serviços. Entre as empresas estão Fronius, JA Solar, Longi, SolarEdge, Stäubli, Sungrow e Yes Energia Solar.

O projeto visa garantir a segurança e minimizar os riscos das instalações por meio de vistorias técnicas realizadas por equipes homologadas, restabelecendo a funcionalidade dos sistemas de energia solar. “Esse esforço coletivo destaca a importância da união e trabalho para superar desafios,” destaca a CEO da BayWa r.e Brasil, Liciany Ribeiro.

Liciany acrescenta que o projeto busca abrir diálogo com os bancos, que podem oferecer condições diferenciadas para financiamento – postergando os empréstimos não honrados por quem perdeu tudo ou abrindo novas linhas de crédito. Além disso, as empresas participantes da iniciativa Ilumina RS estão oferecendo os equipamentos com condições diferenciadas. A BayWa r.e está trabalhando sem custo para armazenar e distribuir equipamentos de substituição em seu centro de distribuição avançado em Porto Alegre.

Como a iniciativa funcionará na prática?

A dinâmica de atendimento funcionará da seguinte forma:

  1. preenchimento do formulário no site: https://iluminariograndedosul.com.br/
  2. contato por parte do integrador para agendamento da vistoria
  3. emissão de laudo técnico para verificação do tipo de reparo ou substituição
  4. análise de linha de crédito facilitado junto a entidades financeiras parceiras do projeto
  5. instalação final

Novos parceiros são bem-vindos no Ilumina RS e a iniciativa conta com uma página oficial no Instagram – @iluminariograndedosul onde podem ser obtidas informações adicionais.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.