UCB anuncia ampliação do portfólio de sistemas de armazenamento de energia em baterias

Share

A UCB Power anunciou a expansão de seu portfólio com a ampliação da família de equipamentos UBESS (UCB – Battery Energy Storage Systems), agora evoluindo da capacidade de kilowatts (kWh) para megawatts (MWh).

A expansão atende tanto a clientes comerciais como industriais (C&I) com a segurança energética e redução de custos da operação, quanto às empresas de concessão de distribuição e transmissão de energia. Com os benefícios de diminuição do uso de diesel, aumento da flexibilidade e otimização do uso das redes existentes. E, em breve, a UCB Power também será capaz de atender ao Mercado Livre de Energia, uma vez que os sistemas de armazenamento têm o potencial para atuar como cobertura (hedge) física nas operações de comercialização de energia.

“Temos o maior volume de implementações de soluções para aplicações críticas no Brasil e somos pioneiros na montagem de projetos de BESS móvel. Esse know-how e experiência será ampliada ainda mais com os novos equipamentos da família”, aponta o vice-presidente de Soluções e Novos Negócios da UCB Power, Marcelo Rodrigues.

Recentemente, a UCB Power sinalizou ao mercado investimentos para a ampliação da capacidade de produção da linha UBESS na fábrica de Extrema (MG). A ideia é potencializar sua estrutura e aumentar a capilaridade técnica e comercial para suportar o crescimento do mercado potencial para suas soluções.

No mundo, o BESS é uma solução abrangente e flexível para o gerenciamento e armazenamento de energia, adequada para diversas aplicações. Sendo uma alternativa importante para operação ou atenuação dos possíveis efeitos negativos na regulação de frequência e/ou de tensão, recomposição, suavização da curva de geração, entre outros fatores que agregam eficiência no processo de geração de energia e na entrega desta energia.

Com o UBESS, a UCB Power participa do maior programa de descarbonização do país, o Luz para Todos, do Governo Federal e Ministério de Minas e Energia, e agora acrescenta às metas do projeto a liderança do atendimento em altas potências – MWh – uma vez que temos a expertise e a confiança do mercado.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.

Conteúdo popular

Chamada da Aneel recebe propostas para 19 plantas piloto de hidrogênio que somam 100 MW
19 julho 2024 O valor previsto de investimento, considerando as 24 propostas, incluindo além das plantas a produção de equipamentos, é de R$ 2,7 bilhões, o que repr...