Chint Power fecha acordo com GT Solar para distribuição de módulos

Share

A Chint Power, fabricante chinesa e líder global com mais de 1 milhão de inversores fotovoltaicos instalados, anuncia mais um importante acordo no Brasil: a parceria com a GT Solar, do grupo ibyte, uma distribuidora de equipamentos de energia solar fotovoltaica com atuação em todo o país. A GT Solar possui uma central de distribuição em Fortaleza, no Ceará, fortalecendo a presença da Chint Power na região Nordeste.

O acordo, no valor aproximado de R$ 14 milhões, prevê a aquisição de equipamentos pela GT Solar, reforçando a estratégia de crescimento da Chint Power no Brasil. Este movimento segue duas outras parcerias fechadas em abril, uma com a Odex Distribuidora, de Maringá (PR), e outra com a OIW, de Taquari (RS), totalizando aproximadamente R$ 54 milhões.

“A Chint Power está comprometida em promover energia sustentável e limpa no Brasil, um dos mercados de energia solar que mais crescem no mundo”, afirma Moisés Siqueira, gestor de marketing e inteligência de mercado da Chint Power. “Esta nova parceria com a GT Solar é estratégica para nossa expansão. A energia fotovoltaica tem ganhado cada vez mais espaço e importância, e continuaremos a investir para atender a crescente demanda.”

Com um forte compromisso com a inovação e a qualidade, a Chint Power se consolida como um parceiro de confiança para distribuidores, integradores e instaladores em todo o Brasil. A empresa busca não apenas expandir sua presença, mas também contribuir significativamente para a promoção de energia renovável no país, alinhada às tendências globais de sustentabilidade.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.

Conteúdo popular

Chamada da Aneel recebe propostas para 19 plantas piloto de hidrogênio que somam 100 MW
19 julho 2024 O valor previsto de investimento, considerando as 24 propostas, incluindo além das plantas a produção de equipamentos, é de R$ 2,7 bilhões, o que repr...