Colibri firma acordo com Tongwei para distribuição exclusiva de painéis solares

Share

A Colibri Capital, empresa especializada em geração distribuída (GD), e a Tongwei anunciam a assinatura de um Memorando de Entendimento (MoU) para distribuição exclusiva de painéis solares nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, além de Minas Gerais. O acordo vale tanto para geração centralizada (GC), quanto para a geração distribuída (GD). O grupo Tongwei é líder global na manufatura de produtos fotovoltaicos e na produção de polissilício.

“Em nossa trajetória de crescimento, entendemos que havia uma oportunidade para a distribuição de equipamentos no Brasil. Por isso, fomos buscar na China parceiros para fechar toda uma cadeia de fornecedores mundiais de módulos, inversores e baterias para abastecer nossa rede de produção de energia, e para consumidores e integradores de forma geral”, afirmou o presidente do Grupo Colibri, Carlos Eduardo Barros.

O presidente do Grupo Colibri, Carlos Eduardo Barros.

Imagem: Grupo Colibri

Ainda segundo o executivo, o acordo com a Tongwei é essencial para o projeto da Colibri de ampliar a produção própria de energia limpa, ao garantir o fornecimento de painéis e módulos para as empresas do grupo e um importante passo para a verticalização da estrutura, dominando toda a cadeia de geração de energia solar.

“Em meio às negociações com a Tongwei, surgiu a oportunidade de fazermos também um acordo com a Sirius, que é uma grande distribuidora nas regiões Norte e Nordeste. Desta forma, conseguimos organizar de uma só vez a parceria com um grande fornecedor, de escala mundial, e uma vasta rede de distribuição”, afirma Barros.

Para a Tongwei, o acordo com a Colibri é considerado estratégico, uma vez que a empresa já vinha buscando parceiros no mercado fotovoltaico brasileiro. “Enxergamos o Brasil como um grande parceiro da China no setor de energia limpa e no compromisso das empresas com a melhoria da qualidade de vida. O acordo com a Colibri reafirma a missão da Tongwei de se tornar uma operadora de energia limpa de classe mundial, dentro de um país que tem um enorme potencial e onde a energia solar cresce a olhos vistos”, diz o responsável pelas operações da Tongwei no Brasil, Luiz Eduardo Sobreira.

Os primeiros produtos da Tongwei que passarão a fazer parte do portfólio da Colibri serão os módulos 625 W, mais leves e destinados à instalação em telhados e coberturas longas e estreitas, o 710 W, mais robusto e com maior produtividade energética, e o 715 W, com menor perda de energia causada por microfissuras, menor perda resistiva interna e aparência mais estética.

O Grupo Colibri fatura mais de R$ 200 milhões por ano, já atraiu cerca de R$ 1 bilhão em investimentos e estabeleceu uma sólida presença nos segmentos de energia solar e agroflorestal. A estrutura empresarial, composta por empresas como E1 Energia, Eco Soluções, GDSolar, Biolux e, mais recentemente, Sirius, tem contribuído significativamente para o desenvolvimento sustentável, com 100 usinas solares operacionais e cultivo agroflorestal em 100 hectares.

O grupo Tongwei é listado na bolsa de Xangai e uma das 500 maiores empresas do segmento de energia no mundo, segundo a Forbes Magazine, é um dos maiores produtores de wafers e uma das cinco maiores fabricantes de módulos em todo o mercado global. Com uma abordagem centrada em pesquisa e desenvolvimento, fabricação inteligente e promoção de aplicações de módulos fotovoltaicos de alta eficiência, a Tongwei possui uma capacidade planejada de produção de 63 GW e opera em quatro grandes bases de produção na China.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.

Conteúdo popular

Chamada da Aneel recebe propostas para 19 plantas piloto de hidrogênio que somam 100 MW
19 julho 2024 O valor previsto de investimento, considerando as 24 propostas, incluindo além das plantas a produção de equipamentos, é de R$ 2,7 bilhões, o que repr...