Intelbras entra no mercado de armazenamento de energia

Intelbras entra no mercado de armazenamento de energia

Share

A Intelbras, adicionou ao seu portfólio de soluções uma nova bateria de lítio de 48V e 100Ah, destinada para aplicações de energia solar, telecomunicações, comércios e indústrias. O lançamento é um primeiro passo da companhia para entrada no segmento, buscando oferecer soluções de eficiência energética sustentáveis, uma vez que o lítio é considerado uma fonte de energia mais limpa que o chumbo.

A nova bateria de lítio chega ao mercado para solucionar o armazenamento em momentos de queda da rede elétrica, além de proporcionar a otimização de custos, realizar o backup de energia e criar sistemas isolados ou off grid (locais que não tem acesso a rede de energia elétrica).

“Ao observar este movimento promissor de mercado, a Intelbras avaliou que a estratégia de expandir seu portfólio com baterias de lítio é muito importante para manter a companhia alinhada com as demandas atuais e futuras no que se diz respeito a eficiência energética”, afirma a gerente executiva da unidade de energia da Intelbras, Maria Helena Garcia.

O produto é capaz de armazenar energia em locais remotos e ambientes onde o sistema não pode perder a conexão com a rede. Além disso, sua placa BMS (Sistema de gerenciamento das baterias) autogerencia a bateria, faz o balanceamento entre as células e protege contra sobrecargas e temperaturas extremas, garantindo a segurança e o bom funcionamento das células de lítio.

A solução da Intelbras consiste em uma ou mais baterias ligadas em paralelo. Dependendo do cenário de aplicação, podem ser ligadas a um inversor fotovoltaico, fonte, nobreak ou aparelhos que trabalhem com tensão de 48V, a fim de armazenar energia.

Entre as principais características do produto, pode ser destacada sua tensão de 48V, além da capacidade de 100Ah, vida útil de mais de oito anos, alta densidade energética e custo-benefício atrativo para tornar os projetos ainda mais seguros e eficientes. Além disso, é resistente a altas variações de temperatura e podem ser conectadas até 10 baterias em paralelo, o que garante a aplicação desse produto nos mais diversos cenários.

O modelo EBL 4800 da Intelbras tem preço sugerido de R$ 13.999 e está à venda nos parceiros da marca localizados em todo o país.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.

Conteúdo popular

Chamada da Aneel recebe propostas para 19 plantas piloto de hidrogênio que somam 100 MW
19 julho 2024 O valor previsto de investimento, considerando as 24 propostas, incluindo além das plantas a produção de equipamentos, é de R$ 2,7 bilhões, o que repr...