Garagem solar nas escolas municipais gera economia de energia para prefeituras

Garagem solar em escolas

Share

Para otimizar o uso de locais ociosos dentro das escolas municipais, a L8, empresa de especializada em soluções para cidades inteligentes, desenvolveu um projeto garagens solares para que as unidades de ensino possam gerar a sua própria energia, reduzindo assim os custos das prefeituras com eletricidade. O conceito também visa incentivar a adoção de sistemas fotovoltaicos também pelo poder público, além do incentivo à adoção de práticas mais sustentáveis por alunos e professores.

O projeto padrão da garagem solar L8 tem potência instalada de 7,5 kWp, o equivalente a 261 kWh/mês, o que daria para atender a demanda de quase duas famílias todos os meses. De acordo com o relatório do 2º trimestre de 2023 da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o consumo médio residencial no Brasil é de 163 kWh/mês.

O sistema prevê a instalação de 15 módulos fotovoltaicos para cobertura de uma área de 5,6 metros de largura por 6,7 metros de comprimento, o suficiente para abrigar dois veículos, e pode ser acompanhado de um carregador veicular, caso seja de interesse da escola. O carregador, distribuído pela L8 Energy, tem conexão padrão compatível com todos os modelos de veículos elétricos do mercado nacional. Há ainda a opção de garagem para quatro veículos e, consequentemente, o dobro de capacidade de produção energética.

Guilherme Nagamine, diretor da L8 Energy

Imagem: Divulgação L8

“Além da economia gerada, a instalação de um sistema fotovoltaico no ambiente escolar também tem um caráter pedagógico, pois incentiva a adoção de práticas mais sustentáveis por alunos e professores. Vale lembrar que a geração solar emite 98% menos CO2 do que as energias provenientes de combustíveis fósseis”, ressalta o diretor da L8 Energy, Guilherme Nagamine, empresa do grupo especializada na distribuição e industrialização de sistemas fotovoltaicos.

O projeto prevê a instalação de garagens solares nos pátios das unidades de ensino e será apresentado no Smart Gov Brasil, evento nacional da Associação Brasileira das Cidades Inteligentes e Inovadoras (ANCITI), que será realizado entre 06 e 08 de dezembro, no Rio de Janeiro.

“É muito comum que as escolas tenham um espaço aberto para estacionamento dos veículos dos professores e funcionários e, pensando em otimizar o uso desses locais ociosos, desenvolvemos este projeto de garagem solar, para reduzir a conta de energia das unidades de ensino. Desta forma, os gestores públicos podem utilizar os recursos destinados à educação em outras melhorias para a comunidade escolar”, explica o CEO da L8 Group, Leandro Kuhn.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.