Comercializadora Ecom inicia projeto de geração compartilhada Santa Rita, com 3,8 MWp

Share

A Ecom, uma das primeiras comercializadoras de energia do país, inaugurou o projeto “Santa Rita”, que visa instalar três unidades de usinas fotovoltaicas para atender às regiões do centro-leste e do litoral de São Paulo.

Os municípios contemplados pelo investimento da organização serão Limeira, Campos do Jordão, Ubatuba, Ilhabela, Bertioga e Guarujá, regiões atendidas pela Elektro. O total da capacidade será de 3,8 MWp para Geração Distribuída compartilhada entre consumidores de baixa tensão. Esses são os primeiros parques solares fotovoltaicos da Ecom no Brasil.

“Estamos muito felizes em fazer parte desse movimento que investe na ampliação da energia renovável no país. É mais um passo nessa jornada para um Brasil mais verde e eficiente em energia”, celebra o co-CEO da Ecom, Márcio Sant’Anna.

O projeto rendeu um investimento de quase R$ 16 milhões da Ecom Energia, possui financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e conta ainda com o amparo do Fundo Nacional sobre Mudança do Clima (FNMC), no âmbito do Programa Fundo Clima & BNDES Finem. Com 10 hectares, a potência instalada somente de uma das unidades do projeto alcança 3MWvac.

Se estabilizando como uma das maiores comercializadoras de energia do país, com mais de 1 bilhão de contratos de energia e duas mil empresas clientes, entre elas Bauducco, Heineken, Honda, Continental e Sococo, a Ecom dá o primeiro passo em direção ao seus objetivo de crescimento com ativos de GD. A iniciativa tem foco no estado de São Paulo e visa reforçar a democratização da redução do custo da energia elétrica, mesmo para aquele público que ainda não pode migrar para o mercado livre.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.