Solar corresponde a 41% da expansão da geração centralizada no Brasil em 2023

Indústria fotovoltaica chinesa: país poderá incorporar mais de 150 GW de capacidade fotovoltaica em 2023

Share

Brasil se aproximou em outubro dos 8 GW em empreendimentos de geração centraliza inaugurados em 2023, concluindo o mês com uma expansão de 7.799,1 MW, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) ao longo do ano. Duas fontes, a eólica e a solar centralizadas, responderam por 89,8% desse avanço, com a entrada em operação de 7.007,4 MW nos últimos 10 meses. 

De acordo com os dados da agência atualizados até 17/11, a capacidade adicionada em 2023 já chegou em 7.984 MW, sendo 3.844 MW (48%) da fonte eólica e 3.336 MW (41%) da fonte solar.

Capacidade instalada 

O Brasil somou 195.718,1 MW de potência fiscalizada, de acordo com dados do Sistema de Informações de Geração da Aneel, o SIGA, atualizado diariamente com dados de usinas em operação e de empreendimentos outorgados em fase de construção. Desse total em operação, ainda de acordo com o SIGA, 83,8% das usinas são consideradas renováveis.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.