Lemon amplia o serviço de energia por assinatura para condomínios

Lemon anuncia energia por assinatura para condomínios

Share

A Lemon amplia o serviço de assinatura de energia para condomínios para o Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Goiás, Rio de Janeiro e São Paulo. A contratação não requer instalação de placas solares ou alteração do local e o desconto previsto na contratação é de no mínimo 10% por mês na conta de energia, o equivalente a deixar de pagar uma ou duas faturas ao ano.

A Lemon usa tecnologia e dados para conectar usinas solares, a biogás ou pequenas hidrelétricas com os consumidores finais e funciona como um “aluguel” de um pedaço de um gerador de energia sustentável. As usinas associadas à Lemon injetam energia sustentável no sistema de distribuição, gerando créditos que são abatidos das contas dos condomínios que aderiram o serviço. A empresa ainda não oferece o serviço de forma individualizada, para os apartamentos dos moradores.

Por meio da contratação, o condomínio passa a consumir energia limpa, a maioria das vezes de fonte solar, que é mais barata e pode abastecer a energia elétrica das áreas comuns como elevadores, áreas de serviço, academias, entre outros. O desconto mínimo é de 10% ao mês na fatura de energia, mas pode ser maior em algumas regiões, como Minas Gerais, que adota mais incentivos para produção de energia limpa.

“A conta de luz é uma despesa significativa para condomínio que muitas vezes são surpreendidos por gastos inesperados e precisam fazer cota extra. Assim, o nosso serviço ajuda a diminuir os custos mensais sem trazer complexidade ou exigir investimento em obras”, afirma o CEO e cofundador da Lemon Energia, Rafael Vignoli.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), entre 2020 e 2022, o número de consumidores utilizando a solução de energia solar por assinatura passou de 3.250 para 11.712. A previsão da Lemon é chegar a pelo menos 10 mil clientes ao fim deste ano.

Depois de aderir ao serviço, cada condomínio segue pagando a à distribuidora apenas o valor referente às taxas e encargos. E passa a receber uma nova conta, da Lemon, com o desconto de energia.

Para adquirir ao serviço, os condomínios devem acessar o site e a empresa se responsabiliza por encontrar uma usina de energia limpa  para produzir a energia a ser utilizada pelos assinantes.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.

Conteúdo popular

Chamada da Aneel recebe propostas para 19 plantas piloto de hidrogênio que somam 100 MW
19 julho 2024 O valor previsto de investimento, considerando as 24 propostas, incluindo além das plantas a produção de equipamentos, é de R$ 2,7 bilhões, o que repr...