Em quatro meses MTR comercializa 800 MW em trackers estruturas fixas

Share

O Grupo MTR, especializado na distribuição e fabricação de equipamentos para usinas de solo para geração distribuída, anunciou na sexta-feira (10/05) que atingiu nos primeiros quatro meses do ano 40% da meta de 2 GW de comercialização para 2024. Foram comercializados 800 MW, sendo 600 MW de tracker solar e 200 MW de estrutura fixas. 

O tracker e a estrutura fixa são produzidos pela divisão MTR-Arcol. Em 2023, a MTR-Arcol alcançou um recorde anual, com um volume de 1.200 MWp em trackers solares e 450 MWp em estruturas fixas comercializadas e contratadas.

Para a produção do tracker são utilizadas máquinas de construção metálicas testadas na Universidade Federal de Juiz de Fora, garantindo aderência a variações climáticas e de solo do Brasil. As estruturas metálicas são dimensionadas em conformidade com as normas NBR 6123 (cargas de vento), NBR 8800 (estrutural) e recebem tratamento de galvanização a fogo baseado na regulamentação ISSO 9223. O mancal de giro, uma peça muito importante para a movimentação do tracker, é patenteado pela MTR-Arcol, garantindo que o motor sofra menos esforço mecânico prolongando a sua vida útil. Para garantir que toda a estrutura não tenha danos em possíveis vibrações e rajadas de vento ele é equipado com amortecedores de pistão.

 O Grupo, que conta atualmente com 18 mil m2 de fábricas em Juiz de Fora/MG, adquiriu em março de 2024 um terreno no Distrito Industrial da cidade e irá ampliar a sua fábrica para fabricação de estruturas, automação e skid para usinas de solo, criando um complexo fabril e de estoque voltado para o mercado de energia solar. O complexo também abriga a divisão de eletrocentros e skids do grupo, a MTR Volts. Com a expansão, o grupo prevê a contratação de 400 novos colaboradores. 

 O co-CEO da MTR, Mauricio Barros, destaca o crescimento de vendas e a expansão do mercado em 2024. “No ano passado a empresa ultrapassou a marca de 1,5GW em equipamentos solares comercializados, um crescimento de 45% em relação ao mesmo período do ano anterior (Jan-dez). Para esse ano de 2024 esperávamos um crescimento de 30% e já nos surpreendemos com um crescimento de 37% (jan-abr) na comercialização de equipamentos e estruturas para usinas de solo de GD. Nossos principais clientes da MTR são comercializadoras fundos de investimentos e investidores particulares que veem no segmento de energia um setor estratégico para alocarem os recursos em infraestrutura, segmento que cresce em ritmo acelerado e acima da Selic”, diz. 

Com um amplo portfólio de produtos, incluindo painéis fotovoltaicos, inversores, estruturas de suporte, entre outros, a MTR consegue atender às demandas de projetos de diversos tamanhos e segmentos. Além disso, a empresa também trabalha com sistemas de monitoramento e gestão de energia, permitindo um acompanhamento preciso do desempenho das usinas.  No mercado solar, a empresa já conta com 1,8 GWp instalados, mais de 480 usinas atendidas com mais de 2,2 milhões de módulos instalados.

Aposta em gerenciamento remoto por IA para usinas solares

A maior novidade que a MTR trouxe para esse ano é a “Plataforma de Gerenciamento e Monitoramento” de usinas fotovoltaicas, desenvolvida pela TECSCI, divisão de Inteligência Artificial (IA) da MTR, focada em automação. O foco do novo sistema é o aumento de geração de energia, através da aplicação da IA identificando falhas no menor tempo possível e apontando para a equipe de O&M a ação corretiva necessária e com isso aumentando o tempo de disponibilidade da planta.

O sistema de monitoramento e gerenciamento de usina engloba todos os equipamentos que tenham suporte de comunicação via MODBUS TCP/IP, coletando informações, analisando histórico, prevendo dados futuros e alertando falhas dos equipamentos em tempo real, diminuindo o tempo de inatividade da usina. A nova Plataforma de Monitoramento entrou em operação em novembro na Usina de Avelar 1 e 2, da empresa BRS, no Rio de Janeiro, que já está obtendo uma economia operacional de no mínimo 10% ao mês em toda a planta.

A MTR também anuncia que recebeu a certificação ISO 9001 para sua fábrica de equipamentos para usinas solares localizada em Juiz de Fora/MG, o que demonstra o compromisso da empresa com a qualidade de seus produtos e processos de fabricação. Esta certificação reconhece que a MTR Solar atende aos padrões internacionais de gestão da qualidade e está em conformidade com as melhores práticas do setor.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.