Rastreador da MTR recebe certificação IEC 62817 da UL Solution

Share

O tracker solar fabricado pela MTR recebeu o certificado IEC 62817 da certificadora espanhola CERE by UL Solution. Esse certificado atesta aos clientes da MTR que o projeto desenvolvido pela fabricante está de acordo com as normas técnicas e também garante a sustentabilidade da empresa.

A norma IEC 62817  garante que os trackers solares operem de forma eficiente, maximizando a captação de energia solar ao longo do dia através de um rastreamento preciso do movimento do sol. A norma aborda aspectos de segurança na construção e operação dos trackers solares, minimizando riscos de falhas mecânicas ou elétricas que poderiam causar danos ou acidentes.

“Essa nova certificação IEC 62817 reconhece que o Grupo MTR atende aos padrões internacionais de gestão da qualidade e está em conformidade com as melhores práticas do setor. Isso traz credibilidade para a empresa e tranquilidade para nossos clientes, que podem confiar na qualidade dos equipamentos e estruturas fabricados pela MTR”, diz o sócio diretor da MTR-ARCOL, Adriano Nascimento.

O processo de certificação

O Grupo MTR enviou para a certificadora espanhola CERE by UL Solution, um pacote com toda a documentação solicitada para certificação do Tracker Solar onde um auditor analisou a documentação e planilhas de testes para fazer a certificação que foi oficializada com um teste in loco, na fábrica da MTR-ARCOL em Juiz de Fora.

Técnicos da CERE/UL Solution realizam testes no tracker da MTR in loco.

Imagem: MTR

Foram três meses de auditoria incluindo uma semana de diferentes testes efetuados por uma equipe de auditores, que testou a força do tracker, o consumo, o ciclo de vida acelerado e vários outros pontos da que foram aprovados para se conceber o certificado oficial. Os testes foram realizados em uma estrutura composta de 120 módulos onde um tracker da MTR foi montado no local. O tracker da MTR foi estressado ao máximo, com os piores cenários possíveis, desde a recuperação do tracker após ventos fortes até 50 metros por segundo, se sofreria torção, tempo de funcionamento e recuperação do motor, entre outros testes.

O tracker é fabricado sob demanda na fábrica de 28.000 m² da MTR. “O tracker da MTR é disruptivo porque é adaptável as condições de clima e solo de diferentes regiões do país e também programa o posicionamento dos módulos solares considerando a posição solar em cada estação do ano. O tracker tem um giro de -55º até 55° e conta com duas novidades adaptadas para o mercado brasileiro. O ‘mancal’, elemento de máquina que serve como apoio fixo para a transmissão mecânica em elementos girantes (eixos e rolamentos) e o ‘amortecedor’, que alivia ações do tempo”, destaca Adriano Nascimento.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.

Conteúdo popular

Chamada da Aneel recebe propostas para 19 plantas piloto de hidrogênio que somam 100 MW
19 julho 2024 O valor previsto de investimento, considerando as 24 propostas, incluindo além das plantas a produção de equipamentos, é de R$ 2,7 bilhões, o que repr...