GDSUN cresce 40% com investimentos de R$ 750 milhões e anuncia nova CEO

GDSUN cresce 40% com investimentos de R$ 750 milhões e anuncia nova CEO

Share

Com investimentos de R$ 750 milhões e aumento de 40% em sua capacidade instalada, a GDSUN, empresa com foco em usinas fotovoltaicas, anuncia novo comando a partir de janeiro, quando Arthur Sousa, CEO desde 2022, será substituído pela executiva Simone Suarez. Alinhada ao avanço do segmento de autoconsumo remoto, a companhia conta com 59 usinas em operação, somando 148,78 MWp de capacidade instalada.

“Assumo a liderança da companhia com um importante desafio de seguir ampliando sua presença no país e torná-la ainda mais relevante no segmento, reforçando o papel fundamental que temos ao apoiar a descarbonização de grandes empresas do Brasil. Desde sua fundação, esse é o modelo de negócio em que a companhia aposta e no qual eu acredito para o desenvolvimento do setor”, diz Simone Suarez.

Com mais de 20 anos de experiência no segmento de infraestrutura, a executiva se destaca por sua longa trajetória em implantação e gerenciamento de projetos nacionais e internacionais de grande porte. Mestre em Administração e pós-graduada em Gestão Financeira, tem amplo conhecimento sobre o setor energético, tendo atuado na implantação de usinas térmicas de mais de 1 GW e em importantes empreendimentos voltados às energias renováveis, especialmente a eólica, e na fonte solar na qual foi responsável pelo Desenvolvimento, Planejamento, Engenharia e Procurement de mais de 1,5 GW.

Ao longo de sua carreira, Simone liderou várias equipes em diversas etapas e áreas de projetos de infraestrutura, adquirindo importante experiência em sua vivência em campo nas usinas.

Arthur Sousa, Conselheiro do Instituto de Energia e Meio Ambiente (IEMA), está partindo para novos desafios e apoia agora o processo de transição de comando da companhia com a chegada de Simone Suarez.

Arthur Sousa liderou a GDSUN por cerca de dois anos e conduziu processos importantes para a companhia, como o maior ciclo de expansão do negócio até chegar aos 148,78 MWp instalados, além de promover a maturidade empresarial e criação da cultura organizacional da GDSUN.

“Nos últimos dois anos, tivemos a oportunidade de destacar o trabalho da GDSUN em diversos estados e reforçar a importância da geração distribuída para o desenvolvimento do setor de energia solar no país. E tenho certeza de que a empresa, agora sob o comando de Simone, está pronta para seguir avançando e apoiando esse movimento da transição energética do país”, finaliza Sousa.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.