Módulos com tecnologia heterojunção da Risen Energy estão disponíveis no Brasil

Módulos com tecnologia heterojunção (HJT) da Risen Energy

Share

Os módulos Hyper-Ion com tecnologia heterojunção (HJT) da Risen Energy, fabricante multinacional chinesa de módulos fotovoltaicos, já estão disponíveis para venda no país – só em 2023, a empresa forneceu pelo menos 400 MW da tecnologia no mercado brasileiro – por meio de parceiros estratégicos da fabricante, como a distribuidora MTR Solar, uma das maiores distribuidoras de equipamentos para usinas solares do Brasil.

Com mais de 2 milhões de módulos instalados, a MTR espera alcançar 2 GWp no próximo ano e acredita que a tecnologia HJT trará ao mercado brasileiro o melhor custo-benefício para usinas fotovoltaicas e melhor retorno de investimento para os investidores. Em 2023 a distribuidora aumentou em 45% a comercialização de equipamentos para usinas de solo em 2023 e alcançou 1,5 GW de potência instalada.

Com células de 210 mm, os módulos Hyper-Ion da Risen Energy contam com tecnologia de heterojunção (HJT) e são o resultado de pesquisa e desenvolvimento intensivos. A série Hyper-Ion é resultado de várias inovações tecnológicas, tais como: wafers ultrafinos, zero busbar, interconexão hiper-link e materiais encapsulantes adequados. Tais avanços foram incorporados para melhorar a eficiência e o desempenho geral do módulo, o que resulta no alcance de recordes mundiais de alta eficiência (23,89%) e alta potência (741,456 Wp) em testes realizados pela TÜV SÜD.

Além da alta eficiência e alta potência, esses módulos também oferecem o melhor coeficiente de temperatura estável de – 0,24%/°C em potência máxima, e uma bifacialidade de até 85% ±10%. Além disso, a degradação anual do módulo HJT é de 0,3% por ano, o que significa que esses módulos podem manter uma geração de energia acima de 90% após 30 anos de uso.

O CEO da MTR Solar, Thiago Rios, destaca a parceria com a Risen e a eficiência dos novos módulos para crescer no mercado brasileiro e LATAM. “A Risen é a principal parceira da MTR Solar no fornecimento de módulos fotovoltaicos para usinas de geração distribuída no Brasil, onde a MTR já conta com mais de 2 milhões instalados. Com esses novos módulos HJT, a MTR espera oferecer um produto com maior eficiência e, com isso, entregar um retorno maior para o investidor. Em 2024, esperamos ultrapassar 2 GWp (Gigawatt-pico) em equipamentos comercializados e contamos com os novos módulos HJT da Risen para ultrapassar essa meta com qualidade e garantia de entregar um produto diferenciado aos nossos clientes”.

De acordo com o Country Manager da Risen Energy no Brasil, Ricardo Marchezini, “a série de módulos Hyper-Ion de heterojunção está liderando o caminho na revolução da energia solar. A dedicação da empresa perante à inovação tecnológica, confiabilidade e qualidade tem resultado em produtos que não apenas atingem, mas ultrapassam as expectativas do mercado. Com a disponibilidade de venda e fornecimento destes módulos no mercado brasileiro, podemos esperar projetos cada vez mais eficientes”, explica.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.

Conteúdo popular

Chamada da Aneel recebe propostas para 19 plantas piloto de hidrogênio que somam 100 MW
19 julho 2024 O valor previsto de investimento, considerando as 24 propostas, incluindo além das plantas a produção de equipamentos, é de R$ 2,7 bilhões, o que repr...