Governo indiano estima que fabricação de módulos no país atingirá 100 GW até 2026

Share

Da pv magazine Índia

“Nosso objetivo é posicionar a Índia como um fornecedor líder global de equipamentos de energia renovável”, disse o secretário do MNRE, Bhupinder Singh Bhalla, esta semana em Nova Delhi.

Bhalla destacou que o governo fez esforços significativos para construir um ecossistema de produção solar por meio do esquema de incentivos vinculados à produção (PLI) e outras medidas políticas.

Mais de 48 GW de nova capacidade de produção fotovoltaica serão apoiados através do esquema PLI. Essas capacidades estão surgindo em diferentes grupos de integração: polissilício-para-módulo, lingote-wafers-para-módulo e células+módulos. Atualmente, a Índia tem capacidade de fabricação de módulos solares fotovoltaicos de 28 GW e capacidade de células de 6 GW por ano.

Bhalla disse que muitas das empresas não estão apenas produzindo o quantum alocado [no âmbito do esquema PLI], mas também estabelecendo capacidades muito maiores.

“Portanto, estimamos que até 2026, depois que o esquema PLI estiver totalmente implementado e outras capacidades de fabricação também surgirem, deveremos estar em posição de ter 100 GW de capacidade de fabricação de módulos solares fotovoltaicos”, acrescentou.

A Índia tem como meta 500 GW de capacidade de geração de eletricidade baseada em combustíveis não fósseis até 2030, incluindo cerca de 300 GW de energia solar. Com 71,6 GW de capacidade solar instalada em 31 de agosto de 2023, o país precisará adicionar 30 GW a 40 GW por ano de capacidade de energia solar para atingir a meta de 2030.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.

Conteúdo popular

Brasil tem mais de 140 GW de projetos solares outorgados
24 abril 2024 Levantamento realizado pela Greener com base em dados atualizados até fevereiro identificou um aumento de 68% na oferta de novos projetos de geração s...