ABGD prepara critérios de teste para módulos fotovoltaicos no Programa Setorial de Qualidade

Share

A Associação Brasileira de Geração Distribuída vai lançar um selo de qualidade para módulos fotovoltaicos com apoio do Instituto Totum, que será responsável pela auditoria independente. O Programa Setorial de Qualidade já está testando, desde fevereiro, os inversores, conta o presidente da ABGD, Guilherme Chrispim.

“Tem muito módulo de baixa qualidade entrando no mercado. A ideia é criar uma classificação, de um a cinco, para diversos critérios que serão testados como segurança, durabilidade. Esses critérios estão sendo definidos com os interessados e serão divulgados no final de junho”, diz ele à pv magazine. Chrispim observa que outras classificações, como a lista Tier da Bloomberg, não atestam diretamente a qualidade e o desempenho dos módulos, mas a bancabilidade dos fabricantes.

A adesão ao programa é voluntária e o teste pode ser solicitado por qualquer empresa. Os produtos testados são adquiridos diretamente no mercado e não de amostras enviadas.

O programa conta com a contribuição de quatro laboratórios de ensaios: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (CEPEL), do Rio de Janeiro. No caso dos inversores, os laboratórios avaliam os produtos em cinco categorias: confiabilidade, desempenho, funcionalidade, segurança e suporte.

A certificação concedida terá validade de 24 meses e seguirá a governança similar à certificação de produtos, garantindo os procedimentos de apelação. Em relação à divulgação dos resultados, a comunicação será feita por meio dos sites da ABGD e do Instituto Totum, assegurando transparência ao processo e aos resultados obtidos.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.

Conteúdo popular

Geração solar centralizada aumentou 47,1% em junho
17 julho 2024 As usinas solares tiveram o crescimento proporcional mais expressivo na geração para este mês, na comparação com junho de 2023, com 2.922 MW médios en...