Sistema fotovoltaico de 71,94 kWp instalado em aviário gaúcho promove economia de R$ 110 mil por ano

Share

A cidade de Nova Bréscia, no Rio Grande do Sul, é considerada a capital gaúcha da avicultura com quase 40 milhões de cabeças alojadas por ano. Atualmente o estado é o terceiro maior produtor e exportador de carne de frango do Brasil. Com 7.300 produtores e 21 frigoríficos, a média de produção de carne de frango gaúcha é de 1,8 milhões de toneladas.  Buscando alternativas para reduzir o custo das operações, o Aviário Zambiari, optou por utilizar a energia solar para reduzir o custo fixo da energia no negócio.

O sistema instalado no aviário há três anos pela empresa integradora gaúcha Yes Energia conta com 71,94 kWp, 218 módulos fotovoltaicos e um inversor da SolarEdge, já vem trazendo resultados animadores para o produtor, como a economia de R$ 110 mil por ano.

De acordo com Tiago Fernandes, cofundador da empresa integradora gaúcha Yes Energia, “as margens na avicultura são muito pequenas e para o produtor rural, a energia elétrica é custo operacional e fixo. Ou seja, independente do tamanho do lote que o produtor entrega, a energia consumida vai ser sempre a mesma. Portanto, a energia solar entra como um ganho extra de produtividade”, explica.

Fernandes compartilha também que um dos grandes desafios são as adequações da infraestrutura elétrica, principalmente no que se refere a adequação dos canais de entrada. “Nas áreas rurais as redes normalmente têm baixa qualidade. São tensões baixas ou muito altas e, em algumas regiões, a adequação de infraestrutura é sempre necessária”, finaliza o executivo.

Detalhes sobre o sistema fotovoltaico

  • 218 módulos de 330W
  • 1 inversor SolarEdge
  • 94,96 MWh de geração anual
  • 15,10t de emissões de CO2 evitadas, equivalente a 693 árvores

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.