Procura por sistemas de energia solar com baterias cresce 20% no primeiro semestre

Share

Em meio às preocupações crescentes sobre a estabilidade e confiabilidade do fornecimento de energia elétrica no Brasil, a busca por sistemas de energia solar combinadas com baterias de armazenamento tem crescido este ano no país.

Somente na base do Bonö Group, holding que reúne várias empresas da cadeia de valor de setor de energia no Brasil, o aumento na procura pelas baterias foi da ordem de 20% de janeiro a julho deste ano, tanto de companhias de instalação de painéis solares em residências e comércios quanto dos próprios consumidores finais.

A expectativa do Bonö Group é que a procura aumente ainda mais após o episódio do apagão na rede elétrica, ocorrido no dia 15 deste mês, que afetou 25 estados brasileiros. Atualmente as baterias de armazenamento estão disponíveis na WHS, distribuidora de equipamentos fotovoltaicos ligados à holding.

“Ao combinar o uso de sistemas solares nos telhados com as tecnologias de armazenamento, o consumidor ganha autonomia e segurança de suprimento energético, tanto em residências quanto em empresas e propriedades rurais, passando a não mais depender exclusivamente da rede elétrica”, comenta Marcelo Abuhamad, CEO do Bonö Group.

“Em um cenário de aumento na demanda energética, instabilidades climáticas e precariedade da infraestrutura, os apagões se tornaram uma preocupação recorrente. A geração distribuída combinada com baterias oferece uma alternativa eficiente aos brasileiros”, acrescenta.

Para o CEO do Bonö Group, o ganho de escala das baterias e a consequente queda de preço vão promover, nos próximos anos, uma mudança de paradigma no setor elétrico, permitindo aos consumidores se tornarem atores ativos na produção de energia.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.