MTR Solar oferece kit com financiamento do BNDES

Share

A MTR Solar, do segmento de distribuição de equipamentos para usinas de minigeração de 1 a 5 MW, já comercializou nos primeiros quatro meses de 2023 mais de 500 MW em equipamentos solares, um crescimento de 50% em relação ao mesmo período do ano anterior. A meta da empresa para 2023 é de fornecer equipamentos para 1,5 GW, incluindo os módulos, inversores, estrutura fixa, tracker, skid de média tensão e cabos de energia. A MTR trabalha com fabricantes como a ABB, Huawei, Risen, Sungrow e Tamura.

Prevendo a expansão ainda maior do sistema de geração distribuída de usinas de minigeração no país, a MTR lançou um novo site e está disponibilizando no financiamento pelo Finame do BNDES para o Kit Energia Solar, com módulos importados. O Finame tem linhas especificas como carbono zero e baixo clima, que exige uma participação de no mínimo 30% de conteúdo nacional, já homologada pela MTR.

“O acesso ao crédito é essencial para todas as empresas, e no setor enérgico não é diferente, pois viabiliza a construção de uma usina solar, facilitando com que o cliente adquiria equipamentos por meio de financiamento dando folego para o projeto. Para que a MTR oferecesse esse financiamento tivemos que passar por análises das instituições garantindo que os equipamentos e a empresa estivessem de acordo com as normas do BNDES”, diz o CEO da MTR Solar, Thiago Rios.

A MTR está investindo em desenvolvimento de produtos e soluções para projetos de grandes usinas para se tornar a maior provedora de soluções da América Latina, com a abertura de escritórios no Chile e Colômbia. A empresa já conta com escritório no México com atendimento de especialistas no setor e venda de equipamentos. A empresa criou no ano passado duas “joint ventures” para a fabricação de estrutura fixa, tracker e skid de média tensão, com fábricas na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais.

“A MTR intensificou as suas compras e sua programação com fornecedores internos e externos este ano, para impulsionar as vendas . Estamos preparados e temos vários diferenciais competitivos e equipamentos disruptivos em nosso portfólio, como nosso Eletrocentro conhecido no mercado, como os skids, que tem montagem em tempo recorde em nossa fábrica em Juiz de Fora com prazo de 90 dias”, diz o CEO da MTR.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.