Solar supera 28 GW no Brasil, com quase 20 GW de geração distribuída

Share

Em 100 dias, o Brasil adicionou 3.462 MW de geração solar fotovoltaica, chegando a 28.118 MW, dos quais 8.391 MW na geração centralizada e 19.727 MW na geração distribuída. A maior parte da capacidade de geração distribuída está concentrada em sistemas de menor porte localizados no próprio local de consumo.

Desde o início de 2023, entraram em operação 203 mil sistemas de geração distribuída que somam 2.111 MW e mais de 1.351 MW de geração centralizada.

Até o final de 2022, eram 7.040 MW de geração centralizada e 17.616 MW de geração distribuída só da fonte solar.

No início do ano, a Absolar projetava uma expansão total de 10,1 GW de capacidade de geração solar em 2023. Esse deve ser o ano em que a geração centralizada deve ter o maior crescimento, com expectativa de adição de 4,6 GW.

Já a expansão da geração distribuída, que passa por um ano de adequação às novas regras, tem uma projeção conservadora da Absolar de 5,6 GW para 2023. A ABGD trabalha com uma projeção ligeiramente mais otimista, de uma expansão de 8 GW neste ano, repetindo o observado em 2022.

Se seguir no ritmo observado nos primeiros 100 dias dos ano, uma média de 21,1 MW por dia, a geração distribuída adicionará 7.705 MW em 2023.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.

Conteúdo popular

Geração solar centralizada aumentou 47,1% em junho
17 julho 2024 As usinas solares tiveram o crescimento proporcional mais expressivo na geração para este mês, na comparação com junho de 2023, com 2.922 MW médios en...