Obras da Prefeitura de Curitiba na Pirâmide Solar do Caximba entram na fase final

Share

As obras da prefeitura de Curitiba na Pirâmide Solar do Caximba, entraram em fase final e a previsão é de que a usina comece a gerar energia em março. Ao todo serão quase 8,6 mil painéis, com potência instalada de 4,55 MWp, e 80% dos módulos já estão montados.

A Pirâmide faz parte de um conjunto de iniciativas do Curitiba Mais Energia, uma das estratégias da cidade para combater e mitigar as mudanças climáticas por meio da produção de energia renovável. O projeto está localizado em um antigo aterro sanitário, desativado em 2010.

O programa Curitiba Mais Energia inclui, ainda, a instalação de painéis no Palácio 29 de Março, no Salão de Atos do Parque Barigui e na Galeria das Quatro Estações, do Jardim Botânico. Além da central geradora hídrica Nicolau Klüppel, que gera energia a partir da queda d’água do Parque Barigui.

Para a próxima etapa estão em fase inicial mais dois sistemas fotovoltaicos nos telhados dos terminais de ônibus do Santa Cândida (465 kWp) e Boqueirão (512 kWp). No Pinheirinho (925 kWp), a implantação está em fase final de licitação e deve começar em breve a concorrência para as obras na Rodoferroviária de Curitiba.

Parceria internacional

Selecionado pela rede de cidades C40 e contemplado com recursos do Cities Finance Facility (CFF) do C40, o projeto da Pirâmide Solar segue as regras de geração distribuída da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O projeto também é uma colaboração do grupo C40 de Grandes Cidades para a Liderança Climática e da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, que apoia cidades no desenvolvimento de projetos para reduzir as emissões de gases e frear o aumento da temperatura global.

O programa é financiado pelo Ministério Federal Alemão para o Desenvolvimento Econômico e Cooperação (BMZ), pelo Departamento de Negócios, Energia e Estratégia Industrial do Reino Unido (BEIS) e pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID).

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.

Conteúdo popular

Brasil tem mais de 140 GW de projetos solares outorgados
24 abril 2024 Levantamento realizado pela Greener com base em dados atualizados até fevereiro identificou um aumento de 68% na oferta de novos projetos de geração s...