A maior usina solar do mundo entra em operação na China

Share

Da pv magazine Global

A China Green Electricity Investment de Tianjin, uma subsidiária do China Green Development Group (CGDG), ativou o parque fotovoltaico Midong de 3,5 GW em Urumqi, região chinesa de Xinjiang.

A instalação fotovoltaica é atualmente a maior usina solar do mundo. Antes do comissionamento, a concessionária estatal chinesa Huanghe Hydropower Development começou a operar o maior parque solar do mundo, uma instalação de 2,2 GW, em outubro de 2020.

A China Construction Eighth Engineering Division Corp e a Power Construction Corporation of China (PowerChina) realizaram a construção do projeto Mindong em etapas. A instalação exigiu um investimento de CNY 15,45 bilhões. Possui mais de 5,26 milhões de painéis fotovoltaicos monocristalinos bifaciais de vidro duplo de 650 W fornecidos por um fabricante não identificado.

A extensa infraestrutura do projeto inclui a instalação de 1,23 milhão de estacas de suporte, cinco estações elevatórias de 220 kV e mais de 208 km de linhas de transmissão conectando o conjunto à rede por meio de uma subestação de 750 kV.

O China Green Development Group (CGDG), estabelecido em dezembro de 2020, é uma importante entidade de investimento em energia sob o governo central chinês, sucedendo ao antigo Luneng Group, de propriedade da State Grid. Gerida diretamente pela Comissão de Supervisão e Administração de Ativos Estatais do Conselho de Estado (SASAC), a CGDG concentra-se no investimento, construção e gestão de projetos de energias renováveis. O grupo pretende atingir mais de 20 GW de instalações de energia renovável até o final de 2024.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.