Preços dos módulos solares chineses se mantêm estáveis em um mercado silencioso

Share

Da pv magazine Global

O Chinese Module Marker (CMM), a avaliação de referência OPIS para módulos da China, informa que os preços dos módulos TOPCon e mono PERC mantiveram-se estáveis em US$ 0,115 por W e US$ 0,105/W, respectivamente.

A atividade no mercado chinês ainda não se recuperou, embora as empresas chinesas de energia solar tenham retornado após os feriados do Dia do Trabalho. As negociações permaneceram moderadas, com poucos compradores no mercado, que estavam principalmente buscando pechinchas, disse uma fonte do mercado.

A demanda permaneceu fraca, já que os preços upstream em toda a cadeia de valor da energia solar já haviam estendido as perdas antes dos feriados do Dia do Trabalho. Embora os preços upstream tenham se mantido estáveis nesta semana em um mercado tranquilo, fontes do mercado esperam que os preços caiam nos próximos dias, à medida que a atividade comercial for retomada.

Estima-se que os preços dos módulos continuem em uma tendência de baixa em meio à fraqueza no setor upstream, de acordo com muitos players ouvidos durante a pesquisa de mercado semanal da OPIS. No entanto, outros participantes do mercado apontaram que os preços dos módulos já caíram abaixo do custo de produção, que está em cerca de US$ 0,126/W, e não há mais espaço para novas quedas de preços.

Há a expectativa de que os preços do mono PERC continuem estáveis à medida que a oferta se aperte gradualmente com a mudança da demanda para os módulos TOPCon. A disponibilidade limitada de módulos mono PERC pode resultar em preços mais altos, disse um veterano do mercado.

Os fabricantes de módulos podem reduzir suas taxas operacionais em maio para mitigar a queda dos preços e restaurar o equilíbrio entre oferta e demanda no mercado. Antes, em abril, as taxas de operação dos fabricantes de módulos estavam entre 70% e 100%.

A indústria global de fabricação de células e módulos solares está operando atualmente a uma taxa de utilização de aproximadamente 50%, de acordo com a IEA.

A atividade comercial dos módulos no Sudeste Asiático tem sido limitada, uma vez que persiste a incerteza em relação às taxas antidumping/compensatórias (AD/CVD). Os compradores estão adotando uma abordagem de espera em relação ao desenvolvimento de políticas e há relativamente poucos novos contratos assinados recentemente, disse um produtor de módulos do Sudeste Asiático.

Outro participante do mercado observou que os preços dos módulos provavelmente aumentarão em antecipação as potenciais taxas. No entanto, esses aumentos antecipados ainda não impactaram o mercado, já que os compradores continuam hesitantes em garantir novos contratos devido aos altos níveis de estoque nos Estados Unidos.

A OPIS, uma empresa da Dow Jones, fornece preços de energia, notícias, dados e análises sobre gasolina, diesel, querosene de aviação, GLP/LGN, carvão, metais e produtos químicos, bem como combustíveis renováveis e commodities ambientais. Ela adquiriu ativos de dados de preços da Singapore Solar Exchange em 2022 e agora publica o OPIS APAC Solar Weekly Report.

Os pontos de vista e opiniões expressos neste artigo são dos próprios autores, e não refletem necessariamente os defendidos pela pv magazine.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.