Matrix Energia pretende atingir 120 MWp de capacidade solar até 2024

Matrix Energia capta R$ 168 milhões para alavancar usinas fotovoltaicas

Share

A Matrix Energia informou a assinatura de um contrato de financiamento de longo prazo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), totalizando R$ 168,3 milhões, para alavancar usinas fotovoltaicas nos estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso, que atualmente totalizam 44,4 MWp (ou 32,3 MWac) de capacidade instalada.

O financiamento, somado a recente emissão bem-sucedida de debêntures verdes, no valor de R$ 165 milhões, é parte da estratégia da empresa de alcançar uma capacidade instalada de 120 MWp até 2024.

O investimento do BNDES, sendo parte proveniente de Recursos do Fundo Nacional sobre Mudança do Clima (FNMC), no âmbito do Programa Fundo Clima, é focado em fomentar projetos voltados para a produção e distribuição regional de energia renovável, além de contribuir para o avanço tecnológico e fortalecimento da infraestrutura para energias renováveis.

Os recursos adicionais também serão empregados na construção de novas usinas fotovoltaicas em diversas localizações no Brasil, fortalecendo ainda mais a presença da Matrix no mercado de energia renovável.

“A recente captação de recursos via BNDES e a emissão de debêntures verdes é um marco importante para a Matrix Energia, pois simboliza nosso compromisso inabalável com a sustentabilidade e a inovação no setor energético”, afirma o CEO da Matrix Energia, Rubens Misorelli. “Ao expandir nossa capacidade instalada em geração distribuída, não estamos apenas investindo em energia renovável, mas também capacitando consumidores em mais de 18 estados, inclusive os residenciais, a fazerem parte desta transformação energética”, diz.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.