Geração solar centralizada aumentou 76% em maio

Share

Com 2.076 MW médios entregues ao Sistema Interligado Nacional em maio, as usinas solares tiveram o crescimento proporcional mais expressivo na geração para este mês, na comparação anual, de 76,8%. Em maio de 2022 foram gerados 1.174 MW.

Houve uma queda de 2% na produção das hidrelétricas, com quase 50 mil MW médios entregues ao SIN em maio.

Já as térmicas geraram mais de 8.700 MW médios, aumento de 5,4% puxado pela maior participação das usinas a biomassa, que forneceram 4.316 MW médios, produzidos principalmente a partir da cana-de-açúcar.

No mesmo período, os parques eólicos produziram 9.591 MW médios, avanço de quase 18,9% em relação ao ano passado.

Os dados são do Boletim InfoMercado Quinzenal, da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), que aponta também um aumento de 2,9% no consumo de energia elétrica no Brasil em maio, na comparação com igual mês de 2022, para quase 65 mil MW médios. Foi o maior crescimento anual registrado em 2023 atribuído ao bom desempenho na produção de alguns setores da economia, além de temperaturas mais altas em algumas regiões, que estimulam a refrigeração com o ar-condicionado por exemplo.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.