Preços do wafer solar continuam diminuindo e o cenário comercial internacional complexo gera preocupações

Share

Da pv magazine Global

Os preços FOB China para wafers M10 continuaram sua tendência de queda esta semana. Os preços dos wafers Mono PERC M10 e M10 tipo N caíram 5,37% e 7,95% semana a semana, atingindo US$ 0,141 por peça (pc) e US$ 0,139/pc, respectivamente.

Os preços do wafer FOB China para wafers G12 permaneceram relativamente estáveis esta semana, com os preços do wafer Mono PERC G12 e do tipo N G12 permanecendo estáveis em US$ 0,236/pc e US$ 0,238/pc, respectivamente.

De acordo com a pesquisa de mercado da OPIS, os preços médios de transação dos wafers Mono PERC M10 e tipo N M10 no mercado doméstico chinês caíram para cerca de CNY1,13 ($ 0,16) / pc e CNY1,12 / pc, respectivamente. Mesmo com o preço neste ponto, o volume de transações permanece mínimo, de acordo com uma fonte upstream. Outro insider da indústria chegou a citar uma oferta de CNY1,05/pc para wafers M10 do tipo N, sugerindo a direção potencial dos preços no futuro imediato.

O preço de venda atual do wafer divergiu notavelmente das considerações relativas aos custos de produção, sendo a principal ênfase a garantia das vendas, de acordo com um participante no mercado.

O estoque de wafer permanece alto em mais de 5 bilhões de peças, o equivalente a cerca de 40 GW e vinte dias de produção, de acordo com várias fontes do mercado. Em um cenário de altos estoques de wafers, surgiram relatos nesta semana de alguns fabricantes reduzindo suas taxas operacionais. Consequentemente, as taxas operacionais globais dos produtores de wafer diminuíram para entre 50% e 60%, com uma produção mensal esperada entre 55 GW e 62 GW.

Discussões recentes surgiram sobre fabricantes de células estocando wafers, sugerindo que um preço mais baixo para wafers pode ter sido alcançado. No entanto, uma fonte do mercado de células suspeita que isso possa ser uma tentativa deliberada dos fabricantes de wafers de espalhar desinformação. A fonte considera esse movimento “desnecessário”, observando que “mesmo que eles cheguem ao fundo do poço, não há base para uma recuperação de preços”.

Como resultado de mudanças nas políticas de comércio internacional, há uma expectativa de que as encomendas de células e módulos exportados do Sudeste Asiático para os EUA enfrentem obstáculos em breve. Este desenvolvimento tem suscitado discussões dentro da indústria sobre a oferta de wafers do Sudeste Asiático e a fonte potencial de wafers para a futura produção de células dos EUA.

“Prevê-se que, até que a capacidade local de produção de células seja estabelecida nos EUA, as políticas não bloquearão completamente a importação de células do Sudeste Asiático. Consequentemente, o impacto sobre os wafers do Sudeste Asiático não deve ser muito significativo no futuro próximo”, revelou uma fonte do mercado global de polissilício à OPIS durante o Fórum de Desenvolvimento de Polissilício da China (CPDF), realizado em Leshan, Sichuan, China, nos dias 23 e 24 de maio.

No mercado global, especialistas do mercado divulgaram que o projeto de wafer de 3,3 GW de fase inicial do fabricante verticalmente integrado nos EUA está programado para ser concluído este ano. A fábrica já garantiu a quantidade necessária de polissilício para sua capacidade de produção anual. Além disso, outros fabricantes de wafers estão explorando a viabilidade de estabelecer fábricas fora do Sudeste Asiático, como nos Emirados Árabes Unidos, para navegar pelas complexidades do ambiente de comércio internacional, revelaram fontes à OPIS durante o CPDF.

A OPIS, uma empresa da Dow Jones, fornece preços de energia, notícias, dados e análises sobre gasolina, diesel, querosene de aviação, GLP/LGN, carvão, metais e produtos químicos, bem como combustíveis renováveis e commodities ambientais. Ela adquiriu ativos de dados de preços da Singapore Solar Exchange em 2022 e agora publica o OPIS APAC Solar Weekly Report.

Os pontos de vista e opiniões expressos neste artigo são dos próprios autores, e não refletem necessariamente os defendidos pela pv magazine.

Este conteúdo é protegido por direitos autorais e não pode ser reutilizado. Se você deseja cooperar conosco e gostaria de reutilizar parte de nosso conteúdo, por favor entre em contato com: editors@pv-magazine.com.